"acho que Emerson escreveu algures que uma biblioteca é uma espécie de caverna mágica cheia de mortos. e esses mortos podem renascer, podem voltar à vida quando abrimos as suas páginas." [BORGES, Jorge Luis in Este ofício de poeta]
Sexta-feira, 27 de Fevereiro de 2009
José Eduardo Agualusa nomeado para prémio de ficção estrangeira do 'Independent'

 

 

José Eduardo Agualusa volta a ser nomeado para o The Independent Foreign Fiction Award com o romance As Mulheres do Meu Pai, depois de ter vencido a edição de 2007 com O Vendedor de Passados. Os seis finalistas serão conhecidos em Abril e o vencedor anunciado a 14 de Maio, em Londres. Recorde-se que José Saramago também recebeu este prémio em 1993 (O Ano da Morte de Ricardo Reis). [ler.blogs.sapo.pt]

 

Títulos disponíveis na biblioteca municipal.

 



publicado por bibliotecadafeira às 12:26
link do post | comentar | favorito

"Caos Calmo" no auditório da biblioteca

 

No âmbito da programação do Cineclube da Feira, dia 1 de Março, pelas 21h30, o filme "Caos Calmo" de Antonio Luigi Grimaldi com Nanni Moretti, Valeria Golino e Alessandro Gassman, será exibido no auditório da biblioteca municipal de Santa Maria da Feira.

 

Sinopse:

Após a morte inesperada da mulher, Lara, Pietro é acometido de uma estranha mistura de caos e calma. Pietro não estava em casa quando Lara morreu. Estava na praia, com o irmão, a salvar uma desconhecida de morrer afogada. Claudia, a filha, estuda no 5.º ano e Pietro resolve esperar por ela no carro depois de a levar à escola no primeiro dia de aulas após a morte da mãe. Continua a fazer o mesmo nos dias que se seguem. Sentado num banco de jardim, à espera que a dor se abata sobre si, a tentar perceber como pode proteger Claudia. Amigos, colegas e familiares aparecem para confortá-lo, mas acabam a falar das suas próprias dores e problemas. E, sentado naquele banco, a observar o que o rodeia, Pietro sente a sua vida e as suas prioridades a mudarem.
Realizado por Antonello Grimaldi, "Caos Calmo" é protagonizado pelo actor e realizador Nanni Moretti, que colaborou também na adaptação do argumento, escrito a partir do premiado romance de Sandro Veronesi.[cinecartaz.publico.pt]

 



publicado por bibliotecadafeira às 11:04
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 26 de Fevereiro de 2009
"O Wrestler" de Darren Aronofsky

Estreia, hoje, o filme "O Wrestler" de Darren Aronofsky com Mickey Rourke, Marisa Tomei e Evan Rachel Wood.

 

 

Sinopse:

No final dos anos 80, Randy "The Ram" Robinson (Mickey Rourke) era um dos principais lutadores de wrestling profissional. Agora, vinte anos mais tarde, ele ganha a vida com as suas representações estimulantes para um punhado de fãs conservadores de wrestling em ginásios de escolas secundárias e centros comunitários perto de Nova Jersey. De relações cortadas com a filha (Evan Rachel Wood) e incapaz de manter relações reais, Randy vive para a emoção do espectáculo e para a adoração dos fãs. Mas um ataque de coração vai atirá-lo para a reforma. À medida que o seu sentido de identidade começa a desvanecer-se, Randy começa a reavaliar a vida - tentando uma reconciliação com a sua própria filha e iniciando um promissor romance com uma velha stripper (Marisa Tomei). Mas nada se compara com a sedução do ringue e a paixão pelo wrestling, o que ameaça arrastar Randy "The Ram" de volta a este mundo. [cinema.ptgate.pt]

 


tags:

publicado por bibliotecadafeira às 12:10
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 25 de Fevereiro de 2009
Na mesa dos poetas

 

Mãe!
Vem ouvir a minha cabeça a contar histórias ricas que ainda não viajei.
Traz tinta encarnada para escrever estas coisas! Tinta cor de sangue, sangue! verdadeiro, encarnado!
 
Mãe! passa a tua mão pela minha cabeça!
Eu ainda não fiz viagens e a minha cabeça não se lembra senão de viagens!
  
Quando voltar é para subir os degraus da tua casa, um por um. Eu vou aprender de cor os degraus da nossa casa. Depois venho sentar-me a teu lado. Tu a coseres e eu a contar-te as minhas viagens, aquelas que eu viajei, tão parecidas com as que não viajei, escritas ambas com as mesmas palavras.
  
Mãe! ata as tuas mãos às minhas e dá um nó-cego muito apertado! Eu quero ser qualquer coisa da nossa casa. Como a mesa. Eu também quero ter um feitio, um feitio que sirva exactamente para a nossa casa, como a mesa.
  
Mãe! passa a tua mão pela minha cabeça!
Quando passas a tua mão pela minha cabeça é tudo tão verdade!
  
Almada Negreiros, A Invenção do Dia Claro, 1921

 

Títulos disponíveis na biblioteca municipal.

 



publicado por bibliotecadafeira às 15:15
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 23 de Fevereiro de 2009
Siza Vieira recebe medalha da Rainha Isabel II

 

O português Siza Vieira recebe quinta-feira o prémio Medalha de Ouro Real de 2009 pela sua contribuição para a arquitectura internacional, distinção atribuída pelo Instituto Real dos Arquitectos Britânicos, em nome da Rainha Isabel II.

Álvaro Siza Vieira, 75 anos, junta a Medalha de Ouro Real a importantes prémios internacionais da área, com destaque para o Prémio Pritzker (1992), considerado o Nobel da Arquitectura, três prémios Secil (1996, 2000 e 2006) e Prémio Wolf, categoria de Artes (2001).

A obra do arquitecto pode ser encontrada em vários pontos do mundo, como por exemplo no Brasil, Coreia do Sul, Espanha, Estados Unidos, Argentina, Finlândia ou Itália.

Entre 1980 e 1984 Siza Vieira trabalhou no edifício de habitação Bonjour Tristesse, em Berlim, Alemanha.

Em 1988 iniciou o projecto para o Centro Galego de Arte Contemporânea, em Santiago de Compostela, Espanha, que viria a ser finalizado em 2003.

Ainda em território espanhol, Siza Vieira realizou um estudo urbanístico geral para Expo de Sevilha, que teve lugar em 1992.

2008 viu o arquitecto edificar a nova sede da Fundação Iberê Camargo, em Porto Alegre, Brasil e a Faculdade de Ciências da Educação da Universidade de Lleida, na Catalunha, Espanha.

Entre outros grandes projectos internacionais de Siza Vieira encontram-se a Faculdade de Ciências da Informação, em Santiago de Compostela, Espanha, o Paul Getty Museum, em Santa Mónica, Estados Unidos, e o Museu de Arte Contemporânea de Helsínquia, na Finlândia.

A Medalha de Ouro Real é atribuída desde 1848 e no passado distinguiu arquitectos como Frank Lloyd Wright (1941), Le Corbusier (1953), Frank Gehry (2000) e Oscar Niemeyer (1998).

Em 2008, o galardoado foi o britânico Edward Cullinan.

Álvaro Siza Vieira destacou à Lusa no passado mês de Janeiro a "satisfação" por receber um prémio de "muito prestígio" como a Medalha de Ouro Real. [diariodigital.pt]
 
Títulos disponíveis na biblioteca municipal.
 

tags:

publicado por bibliotecadafeira às 18:40
link do post | comentar | favorito

Aguarelista espanhol Rafael Sempere: 1928-2009

 

O artista valenciano Rafael Sempere, um dos mais importantes aguarelistas espanhóis, faleceu na sua residência em Valência, aos 80 anos.
Nascido em Tibi (Alicante), em 1928, Sempere estudou Medicina na Universidade de Valência, doutorando-se em Cirurgia.
Trabalhou até à reforma no departamento de Anestesiologia e Reanimação do Hospital Clínico de Valência e, a par da sua actividade clínica, foi um prestigiado aguarelista e desenhador, membro do grupo "Pont de Fusta". Venceu numerosos prémios nacionais e internacionais.
Sempere é também autor de um livro, `Imágenes de la memoria recuperada. Recuerdos de un médico rural`, no qual descreve a sua trajectória profissional como médico rural em diversas localidades da Comunidade Valenciana. [rtp.pt]


publicado por bibliotecadafeira às 18:26
link do post | comentar | favorito

Escultor Lagoa Henriques: 1923 - 2009

 

O escultor Lagoa Henriques faleceu, em Lisboa, aos 85 anos, de doença prolongada.
Mestre e motivador de sucessivas gerações de criadores artísticos, autor de desenhos e esculturas notáveis, poeta, conferencista e coleccionador de peças tão diversas como pinturas, conchas, livros, troncos de árvores e outros acervos, segundo o seu site, Lagoa Henriques «deixa um vazio» no círculo em que se movimentava.
Iniciou os seus estudos artísticos no Curso Especial de Escultura da Escola de Belas-Artes de Lisboa, em 1945, e, em Julho de 1948, passou para a Escola de Belas-Artes do Porto, onde posteriormente foi professor. Concluiu o Curso Superior de Escultura em 1954, na Escola de Belas-Artes do Porto, com a apresentação de um trabalho de pleno relevo, classificado com a nota máxima de 20 valores, a escala utilizada à época. [diariodigital.pt]
 

Títulos disponíveis na biblioteca municipal.

 


tags:

publicado por bibliotecadafeira às 13:40
link do post | comentar | favorito

Academia Nacional de Belas Artes distingue obra de José de Guimarães
 
 
José de Guimarães foi distinguido com o Prémio Doutor Gustavo Cordeiro Ramos da Academia Nacional de Belas Artes, tendo o Júri deliberado por unanimidade contemplar com o referido prémio a escultura Favela.
O artista apresentou esta obra de 2,65x4,20m como peça de destaque na sua exposição "Mundos, Cuerpo y Alma" , inaugurada em Maio de 2008 no Museu Würth, em Espanha, por revelar inquietações a propósito da imigração e do relacionamento cultural consequente deste fenómeno. 
Favela foi realizada a partir de uma multiplicidade de técnicas e materiais, onde a madeira e os pigmentos abundam por entre bandeiras, luzes de neón e outros elementos.  A aquisição desta obra para acervo do Museu foi anunciada no dia de encerramento da exposição em La Rioja, e contou com a presença do próprio artista, do Presidente de La Rioja, Pedro Sanz e ainda com o nosso Ministro da Cultura, José António Pinto Ribeiro, tendo este salientado o facto do artista José de Guimarães ser um dos expoentes internacionalmente mais reconhecidos da cultura em Portugal.
A entrega do prémio decorrerá em data a fixar oportunamente, na sede da Academia Nacional de Belas Artes, em Lisboa.
 
Alexandra de Pinho
 


publicado por bibliotecadafeira às 10:10
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 20 de Fevereiro de 2009
Prémio Birgit Nilsson atribuído a Plácido Domingo

 

O tenor espanhol Plácido Domingo receberá no final deste ano o prestigioso Prémio Birgit Nilsson, considerado um dos mais importantes do mundo da música, com uma dotação de um milhão de dólares.

A distinção foi hoje anunciada em Estocolmo pela Fundação Birgit Nilsson, que administra o legado da lendária soprano sueca, falecida em 2005.

A Fundação foi criada pela própria Birgit Nilsson em princípios dos anos 80 com o propósito de distinguir, de três em três anos, com um prémio de um milhão de dólares, pessoas que obtenham resultados extraordinários no campo da música clássica.

Plácido Domingo será o primeiro galardoado. Segundo a Fundação, Birgit Nilsson elogiou-o pessoalmente antes da sua morte, o que se manteve em segredo até agora.

«Ela quis homenagear um dos grandes cantores de ópera de todos os tempos, cuja contribuição para o mundo da ópera e dos concertos não admite comparação», disse o presidente da Fundação, Rutbert Reisch.

No futuro, os vencedores do prémio serão escolhidos por um júri de três figuras em destaque no mundo da música designados pelo Conselho da Fundação. [diariodigital.pt]
 


publicado por bibliotecadafeira às 15:30
link do post | comentar | favorito

"A rapariga cortada em dois" no auditório da biblioteca

 

No âmbito da programação do Cineclube da Feira, dia 22 de Fevereiro, pelas 21h30, o filme "A rapariga cortada em dois" de Claude Chabrol, será exibido no auditório da biblioteca municipal de Santa Maria da Feira.

 

Sinopse:

Realizada por Claude Chabrol, é a história de uma jovem e sensual mulher (Ludivine Sagnier) que ambiciona o sucesso e cuja luminosidade seduz todos os que a rodeiam. Apaixona-se por um escritor famoso e perverso mas acabará por casar com um jovem multimilionário desequilibrado. Uma comédia negra, vencedora de um prémio da crítica em Veneza. O português Eduardo Serra assina a fotografia.[cinecartaz.publico.pt]



publicado por bibliotecadafeira às 13:00
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 19 de Fevereiro de 2009
"O Visitante" de Thomas McCarthy

Estreia, hoje, o filme "O Visitante" de Thomas McCarthy com Richard Jenkins, Haaz Sleiman e Danai Jekesai Gurira.
 

Sinopse:

Walter Vale, de 60 anos, é um professor de economia desencantado com a vida. Quando é forçado a deslocar-se a Nova Iorque para uma conferência, descobre que o seu apartamento foi ocupado por um jovem casal de imigrantes ilegais. Walter acaba por deixar que os dois fiquem temporariamente com ele e aos poucos, graças a Tarek, músico dotado, recupera a alegria de viver. Quando a polícia ameaça deportar Tarek, Walter vai tentar tudo para salvar o amigo. [cinecartaz.publico.pt]

 


tags:

publicado por bibliotecadafeira às 12:50
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 18 de Fevereiro de 2009
Na mesa dos poetas

 

A sombra sou eu

 

 A minha sombra sou eu,
ela não me segue,
eu estou na minha sombra
e não vou em mim.
Sombra de mim que recebo luz,
sombra atrelada ao que eu nasci,
distância imutável de minha sombra a mim,
toco-me e não me atinjo,
só sei dó que seria
se de minha sombra chegasse a mim.
Passa-se tudo em seguir-me
e finjo que sou eu que sigo,
finjo que sou eu que vou
e que não me persigo.
Faço por confundir a minha sombra comigo:
estou sempre às portas da vida,
sempre lá, sempre às portas de mim!
 
Almada Negreiros
 
Títulos disponíveis na biblioteca municipal.


publicado por bibliotecadafeira às 16:22
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 17 de Fevereiro de 2009
“La Teta Asustada” recebe Urso de Ouro de Berlim

 


O júri internacional do Festival de Berlim, liderado pela actriz Tilda Swinton, atribuiu o Urso de Ouro da 59ª edição do certame, "por unanimidade", ao segundo filme da peruana Claudia Llosa, "La Teta Asustada"

Mas foi a primeira obra de Adrián Biniez, "Gigante", uma produção uruguaia sobre a improvável paixão de um segurança corpulento e lacónico pela mulher de limpeza a quem nunca dirigiu a palavra, que saiu vencedora absoluta da Berlinale, com três galardões: Grande Prémio do Júri (ex-aequo), Prémio Alfred Bauer, atribuído a "filmes que abrem novas perspectivas artísticas" (também ex-aequo) e o prémio de melhor primeira obra (escolhido por um júri separado). "Gigante" está já comprado para Portugal pela Midas.

"Alle Anderen"/ "Everyone Else", segunda obra da alemã Maren Ade, um claustrofóbico "jeu de massacre" sobre um casal jovem cujas férias trazem ao de cima as tensões da sua relação, foi o outro Grande Prémio do Júri ex-aequo. Valeu ainda o Urso de Prata de melhor actriz a Birgit Minichmayr.

"Sweet Rush", de Andrzej Wajda, foi o outro galardoado ex-aequo com o prémio Alfred Bauer

O prémio de melhor actor foi atribuído ao maliano Sotigui Kouyaté por "London River" - a história de uma mãe, inglesa, e de um pai, maliniano (Kouyate), que, depois dos atentados de 7 de Julho de 2005 em Londres, procuram os filhos dos quais não têm notícias. O de melhor actriz a Birgit Minichmayr, por "Alle Aderen".

"The Messenger", de Oren Moverman, o melhor filme exibido este ano a concurso (comprado para Portugal pela Lusomundo), teve de se contentar com o prémio de melhor argumento, enquanto o Urso para o melhor realizador foi entregue, inesperadamente, ao iraniano Asghar Farhadi por "About Elly."

Contribuição artística excepcional para o trabalho de som: "Katalin Varga", de Peter Strickland. [publico.pt]


tags:

publicado por bibliotecadafeira às 15:58
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 16 de Fevereiro de 2009
Fantasporto 2009

 

 

O Fantasporto 2009 - XXIX Festival Internacional de Cinema do Porto começa esta segunda-feira, no Rivoli no Porto, com retrospectivas, mas a abertura oficial decorrerá apenas a 20 de Fevereiro, com a projecção de Che - The Argentine, de Steven Soderbergh.

A directora do festival, Beatriz Pacheco Pereira, referiu que o Fantas´2009 garantiu que, «em termos da qualidade dos filmes, a crise não passa por aqui», já que, como é habitual, há vários candidatos aos Óscares no programa. Contudo, o director do Fantasporto afirmou quinta-feira, no Porto, não estar «em condições» de assegurar a realização de 2010 do Festival [que faz 30 anos nesse ano], devido à retracção dos apoios privados e públicos ao evento, provocada pela actual crise.

«Por um lado, tal como no ano passado, o apoio do Instituto do Cinema e do Audiovisual (ICA) diminuiu de 150 para 120 mil euros, enquanto o Instituto Português de Turismo (IPT), cujo apoio nos serve para pagar a deslocação de personalidades estrangeiras, realizadores e actores, ainda não deu qualquer resposta ao nosso pedido», disse Mário Dorminsky. Acrescentou que, «por outro lado há vários patrocinadores privados que ou reduziram ou cortaram os seus patrocínios».

Mário Dorminsky, referiu que o atraso na confirmação do apoio do Instituto de Turismo já teve uma consequência: o actor Peter Fonda, que já confirmara a sua presença na comemoração dos 40 anos do filme Easy Rider, já não vem porque, perante a falta de resposta daquele Instituto, a organização não sabia se teria dinheiro para pagar «a viagem para três pessoas, em primeira classe, de Los Angeles e a estadia de uma semana, como ele pediu».

Mário Dorminsky falava na conferência de apresentação do Fantasporto 2009 - XXIX Festival Internacional de Cinema do Porto. Com Benicio Del Toro, que arrebatou o prémio de melhor Actor no Festival de Cannes, Che - The Argentine, o filme de abertura, está centrado na vida aventurosa e romanesca do revolucionário Che Guevara, recriando com rigor os primeiros anos do guerrilheiro.

Che - The Argentine, que será exibido a 20 de Fevereiro, às 20:30, é o mais recente trabalho do credenciado Steven Soderbergh. A fechar o XXIX Fantas está Adam Resurrected, com Jeff Goldblum e Willem Dafoe, o último filme de Paul Schrader - descrito como «um desconcertante exercício de memória dos traumas do século XX e do universo conturbado da mente humana».

Paul Schrader, que foi o argumentista de Taxi Driver e Touro Enraivecido e realizador de obras fundamentais como American Gigolo ou A Felina/Cat People, é um dos convidados do festival. O filme de Paul Schrader será exibido após a cerimónia de encerramento e entrega de prémios, a 28 de Fevereiro.

Esta edição do Fantasporto decorre nas duas salas do Rivoli - Teatro Municipal, entre 16 de Fevereiro e 1 de Março. No entanto, uma dezena de salas da Zon Lusomundo, de todo o País, juntou-se à festa, exibindo diversos filmes da competição oficial.

O cinema estende-se ainda à Praça D. João I, fronteira ao Rivoli, onde será instalado o Espaço Cidade do Cinema «com uma programação autónoma e original, sob a designação de 'Porto em Curtas', onde serão mostradas cerca de 400 curtas-metragens provenientes de todo o mundo».

Este ano, o Fantas apresenta de novo uma programação de grande qualidade com filmes que fizeram história nos mais recentes festivais de cinema internacionais, bem como um grande conjunto de obras de novos realizadores que representam os cinco cantos do mundo.

A secção oficial de Cinema Fantástico, que conta com 16 filmes, inclui obras marcantes como Eden Lake, do britânico James Watkins. Com a estrela em ascensão Kelly Reilly, como protagonista, este filme foi qualificado como uma «aterrorizadora história» de bullying, tendo provocado polémica na Grã-Bretanha pela violência em crescendo e uma total ausência de valores morais.

Ainda nesta secção, voltam nomes conhecidos, como Veit Helmer, o realizador de Tuvalu, que traz Absurdistan, qualificado como «uma deliciosa comédia de costumes, rodada no Cazaquistão, e inspirada num caso real, em que mulheres muçulmanas decidem fazer uma greve de sexo, enquanto os homens não resolverem o problema da falta de água na aldeia».

A Secção Oficial da Semana dos Realizadores, com 12 filmes, é, de acordo com Mário Dorminsky, marcada «pela diversidade temática e geográfica das propostas apresentadas, a par de uma criteriosa escolha do melhor cinema que se faz na actualidade», cujo vencedor recebe o Galardão Manoel de Oliveira.

«Estão nesta secção filmes de países tão diferentes como Hungria, Holanda, Rússia, Estados Unidos da América ou Irlanda que são a prova da vitalidade num ano muito marcado pela exibição de cinema europeu», afirmou Beatriz Pacheco Pereira. Nesta secção estão obras de directores como Darren Aronofsky, que encerrou o último Fantasporto com Fonte da Vida, que apresenta desta vez em competição, The Wrestler o seu mais recente filme, que marca o regresso de Mickey Rourke, que ganhou o Leão de Ouro em Veneza e é já considerado como um fortíssimo candidato aos Óscares de 2009.

Do novo cinema inglês, estará no Rivoli The Escapist um filme de acção sobre os planos de uma evasão prisional rodado em túneis, esgotos e rios subterrâneos de Londres, com nomes conhecidos como Brian Cox (L.I.E., premiado no Fantasporto), Joseph Fiennes (A Paixão de Shakespeare) e do cantor/actor Seu Jorge (Cidade de Deus, Um Peixe Fora de Água).

The Escapist conta-nos a história de cinco prisioneiros, uma prisão de alta segurança e um plano de fuga, uma receita infalível para o sucesso. O mundo do cinema, os negócios e vigarices que em torno dele se fazem são a base da narrativa de The Deal, com Meg Ryan e William H. Macy, uma comédia que ilustra a vida de uma atribulada produção.

Na Secção Oficial da Semana dos Realizadores destaca-se a estreia de Palermo Shooting, o mais recente filme de Wim Wenders, outro dos convidados do Fantas, com a história de um fotógrafo como pano de fundo e a habitual banda sonora de grande qualidade dos seus filmes, em que entram nomes bem conhecidos, como Nick Cave and The Bad Seeds, Lou Reed e Portishead, entre outros. [diariodigital.pt]
 


publicado por bibliotecadafeira às 18:36
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 13 de Fevereiro de 2009
"A fronteira do amanhecer" no auditório da biblioteca

No âmbito da programação do Cineclube da Feira, dia 15 de Fevereiro, pelas 21h30, o filme "A fronteira do amanhecer" de Philippe Garrel, será exibido no auditório da biblioteca municipal de Santa Maria da Feira.

 

 

Sinopse:

Carole é uma estrela de cinema que vive sozinha porque o marido a abandonou e partiu para Hollywood. Um fotógrafo, François, vai a sua casa fotografá-la para um jornal. Tornam-se amantes, amam-se na casa dela, num hotel, nos parques ao abrigo dos olhares dos outros. Mas Carole é uma mulher perturbada que dedica a François um amor louco. Quando Carole desaparece, ele envolve-se com outra mulher, que engravida e com quem ele tenta ter uma vida normal. Mas Carole não desapareceu por completo e as suas aparições continuarão a tingir a existência de François...Filmado a preto e branco, Garrel justifica o seu uso pelas aparições do filme, pelos fantasmas. Já o tinha feito também em "Os Amantes Regulares", um mergulho no espírito do Maio de 68 (e também ele desse forma um filme sobre os fantasmas da revolução). [cinecartaz.publico.pt]

 



publicado por bibliotecadafeira às 15:42
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 12 de Fevereiro de 2009
Gastão Cruz vence Prémio Correntes de Escrita

 

O poeta Gastão Cruz  foi, com o livro "A Moeda do Tempo", o vencedor do Prémio Literário Correntes d’Escritas/Casino da Póvoa, este ano dedicado à poesia.
Segundo o júri, “este livro [editado pela Assírio & Alvim em 2006] confirma uma obra que tem evoluído, mantendo sempre uma grande qualidade, equilibrando a tendência para a literalidade ou contenção verbal dos seus primeiros livros, com um maior alargamento expressivo”.
O júri foi constituído por Ana Luísa Amaral, Casimiro de Brito, Fernando Guimarães, Jorge Sousa Braga e Patrícia Reis . O prémio – que tem o valor de 20 mil euros – foi decidido por unanimidade. [publico.pt]

 

Títulos disponíveis na biblioteca municipal.

 



publicado por bibliotecadafeira às 11:52
link do post | comentar | favorito

"O Leitor" de Stephen Daldry

Estreia, hoje, o filme "O Leitor" de Stephen Daldry com Ralph Fiennes, Kate Winslet, David Kross, Bruno Ganz e Lena Olin.

 

 

Sinopse:

"O Leitor" começa na Alemanha após a Segunda Grande Guerra Mundial quando o adolescente Michael Berg (David Kross) fica doente e é ajudado por Hanna (Kate Winslet), uma desconhecida com o dobro da sua idade. Michael recupera entretanto da escarlatina e vai à procura de Hanna para agradecer. Ambos são rapidamente arrastados para um apaixonado mas secreto caso amoroso. Michael descobre que Hanna adora que leiam para ela e a relação física entre eles intensifica-se. Hanna deixa-se cativar, à medida que Michael lê alguns clássicos para ela. Apesar da intensa relação entre eles, um dia Hanna desaparece misteriosamente e Michael fica confuso e de coração partido. Oito anos depois, Michael é um estudante de direito que observa os julgamentos de guerra nazis e fica estupefacto ao ver Hanna novamente na sua vida - desta vez como arguida no tribunal. À medida que o passado de Hanna é revelado, Michael desvenda um grande segredo que irá ter impacto na vida de ambos. [cinema.ptgate.pt]
 


tags:

publicado por bibliotecadafeira às 11:31
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 11 de Fevereiro de 2009
Na mesa dos poetas

 Contos pequeníssimos

 
esta grandeza de não a ter
é mais pequena que a de não desejar tê-la
 
e se o preço de participar é grandeza
não contem comigo
não participo
não participo nem contra grandeza
 
nasci ar
em forma de gente
 
nasci luz
em forma de gente
 
não me compreendo
e respiro-me
e vejo-me textual
 
a forma de gente faz-me agir fora do que nasci ar
fora do que nasci luz
 
e nasci ar para forma de gente
e nasci luz para forma de gente
 
nasci antes de mim
antes de forma de gente
 
era génio antes de nascer
em forma de gente
a forma de gente não me deixa ser o génio que nasci.
 
Almada Negreiros

 

Títulos disponíveis na biblioteca municipal.

 



publicado por bibliotecadafeira às 16:08
link do post | comentar | favorito

Buena Vista Social Club

  

 

 O mítico grupo cubano Buena Vista Social Club perdeu o seu contrabaixista Orlando “Cachaito” Lopez, que morreu ontem em Havana, aos 76 anos de idade.
Sobrinho do lendário compositor Israel “Cachao” Lopez, o músico faleceu num hospital da capital cubana, após uma operação cirúrgica a um cancro da próstata.
O seu sentido de “swing” nunca impediu o músico, com formação clássica, de integrar a orquestra sinfónica nacional para além de ter feito parte de numerosas orquestras e clubes de jazz de Cuba, antes de integrar o colectivo Buena Vista Social Club.
“É uma perda irreparável para a música cubana, era o último representante de toda uma dinastia de baixistas”, declarou um dos membros do grupo, Amado Valdes.
O anúncio da morte de Orlando dá um novo golpe na música cubana e sobretudo nos Buena Vista Social Club, que perderam seis membros importantes nos últimos seis anos.
A formação, que reuniu músicos da idade de ouro da música popular cubana, já assistiu ao desaparecimento dos seus cantores vedeta, Pio Leyva, em 2006, e Ibrahim Ferrer, em 2005.
Em 2003, os cubanos choraram também a perda do compositor Compay Segundo, em Julho, e do pianista Ruben Gonzalez em Dezembro.
Criados em 1966, os Buena Vista Social Club, com um reportório que remonta a bem antes ao regime castrista, adquiriram renome mundial graças à difusão em 1997 do filme documentário com o mesmo nome da formação, da autoria do cineasta alemão Wim Wenders.
Os seus membros, todos veteranos da música cubana, actuaram nas grandes salas dos cinco continentes. [publico.pt]

 

Títulos disponíveis na biblioteca municipal.

 



publicado por bibliotecadafeira às 11:52
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 10 de Fevereiro de 2009
Sofia Escobar vence prémio de «Melhor Actriz Musical» em Londres

 
Ainda não foi publicamente oficializado mas já se sabe que a vimaranense Sofia Escobar foi eleita a Melhor Actriz Musical, em Londres. A participação na peça «West Side Story» valeu-lhe o título que será entregue no próximo domingo pelo portal de espectáculos britânico Whatsonstage .
Nomeada para votação  lado a lado, com Sofia Escobar, estavam Connie Fisher - uma actriz de musicais muitos popular em Inglaterra - Elena Roger, Leila Benn Harris e Ruthie Henshall.
Durante boa parte da votação a portuguesa esteve em 2º, mas viria a conquistar o primeiro lugar, numa altura em que o portal deixou de divulgar as percentagens, para criar um maior suspense, quanto à vencedora.
Cada vez mais conhecida internacionalmente e no nosso país, Sofia Escobar afirma-se como uma das mais talentosas actrizes nacionais.
Natural de Guimarães onde estudou música e interpretação, Sofia, de 28 anos, decidiu há três anos ir estudar canto e representação para a Guildhall, a “mais conhecida” escola de artes londrina. Oriunda de uma família de “classe média, sem possibilidades de ter uma filha a estudar no estrangeiro, Sofia Escobar recorreu a um empréstimo bancário para suportar as despesas londrinas. “No fim das aulas na Guildhall, trabalhava como empregada de mesa num restaurante para ganhar algum dinheiro”, recorda Sofia.
A qualidade das provas realizadas para ser admitida na escola, permitiu-lhe ficar isenta de pagar propinas durante todo o curso.
Um anúncio num jornal para encontrar uma actriz que desempenhasse o papel de Christine Daae, a personagem principal do musical O Fantasma da Ópera levou-a a oito meses de provas e audições. Após O Fantasma da Opera, Sofia é agora a terna, mas enérgica, Maria no West Side Story.
Mas o reconhecimento inglês em Sofia Escobar não se fica por aqui. A actriz é  também candidata ao Prémio Laurence Olivier para a Melhor Actriz de Teatro Musical , igualmente pelo seu papel de Maria no “West Side Story”, em cena no Sadler’s Wells, em Londres. [noticias.maisportugal.com]

 

 

 



publicado por bibliotecadafeira às 15:37
link do post | comentar | favorito

Desenhos: A-Z

 

 
Colecção Madeira Coporate Services
 
"Temos o desenho-mapa, o desenho de projecto, o desenho de desejo, o desenho do desenho, o desenho de telefone. É um meio múltiplo, multifacetado, extenso e espero que esta apresentação mostre a variedade de possibilidades que ele contém, enquanto meio, formato e prática." (1)
 
Adriano Pedrosa (co-curador da 27ªBienal de São Paulo) apresenta um interessante diálogo entre obras de artistas emergentes e de referência internacional, para visitar até 29 de Março no Museu da Cidade em Lisboa. Por entre  traços, manchas e uma variedade de grafismos vinculados ao desenho, este projecto amplia a actuação ao seu próprio conceito, promovendo o relacionamento com outros meios de expressão.  
Assim, o comissário reúne desenhos desde Julião Sarmento, José Pedro Croft, Rui Toscano, Pedro Barateiro até aos mais jovens como André Silva, de Santa Maria da Feira, entre outros de várias nacionalidades, com um propósito real de confrontar as derivações presentes na arte contemporânea.
 

(1)Carla Zaccagnini, publicado no catálogo da colecção

 

Alexandra de Pinho



publicado por bibliotecadafeira às 11:21
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 9 de Fevereiro de 2009
Conheça "Os tesouros da biblioteca"

 

 

A maior parte dos documentos que o constituem foram reunidos por Henrique Vaz Ferreira, o primeiro director da biblioteca-museu, criada por deliberação camarária de 5 de Fevereiro de 1938.

 



publicado por bibliotecadafeira às 19:09
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 6 de Fevereiro de 2009
"O filho de Rambow" no auditório da biblioteca

 

No âmbito da programação do Cineclube da Feira, dia 08 de Fevereiro, pelas 21h30, o filme "O filho de Rambow - um novo herói" de Garth Jennings, será exibido no auditório da biblioteca municipal de Santa Maria da Feira.
 

 

Sinopse:

Dois amigos, um que arranja sempre confusões e outro mais tímido e certinho, resolvem fazer um filme de acção, sem duplos e cheio de aventuras, inspirados em Rambo, o famoso personagem de Sylvester Stallone. A partir daí a popularidade dos dois na escola aumenta e os candidatos para entrar no filme vão-se multiplicando. E a realização de um filme caseiro transforma-se numa inesperada e aliciante odisseia.[cinecartaz.publico.pt]

 



publicado por bibliotecadafeira às 15:43
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 5 de Fevereiro de 2009
"Quem quer ser bilionário"

Estreia, hoje, o filme "Quem quer ser bilionário" de Danny Boyle e Loveleen Tandan com Mia Drake, Imran Hasnee e Anil Kapoor.
 

 

Sinopse:

Jamal Malik, um órfão de 18 anos dos subúrbios de Mumbai, está apenas a uma pergunta de ganhar os espantosos vinte milhões de rupias da versão indiana do concurso "Quem quer ser milionário". Apanhado numa suspeita de fraude, ele confessa à polícia a incrível história da sua vida nas ruas e a da rapariga que amou mas que perdeu. Mas o que está a fazer um rapaz sem interesse em dinheiro num concurso televisivo? E como é que ele sabe todas as respostas? [cinema.ptgate.pt]

 


tags:

publicado por bibliotecadafeira às 10:48
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 4 de Fevereiro de 2009
Na mesa dos poetas

 Ode a Fernando Pessoa

 

Tu que tiveste o sonho de ser a voz de Portugal

tu foste de verdade a voz de Portugal
e não foste tu!
Foste de verdade, não de feito, a voz de Portugal.
De verdade e de feito só não foste tu.
A Portugal, a voz vem-lhe sempre
depois da idade
e tu quiseste aceitar-lhe a voz com a idade
e aqui erraste tu,
não a tua voz de Portugal
não a idade que já era hoje.
Tu foste apenas o teu sonho de ser a voz
de Portugal
o teu sonho de ti
o teu sonho dos portugueses
só sonhado por ti.
Tu sonhaste a continuação do sonho português
somados todos os séculos de Portugal
somados todos os vários sonhos portugueses
tu sonhaste a decifração final
do sonho de Portugal
e a vida que desperta depois do sonho
a vida que o sonho predisse.
Tu tiveste o sonho de ser a voz de Portugal
tu foste de verdade a voz de Portugal
e não foste tu!
Tu ficaste para depois
e Portugal também.
Tu levaste empunhada no teu sonho
a bandeira de Portugal
vertical
sem perder pra nenhum lado
o que não é dado aos portugueses.
Ninguém viu em ti, Fernando,
senão a pessoa que leva uma bandeira
e sem a justificação de ter havido festa.
Nesta nossa querida terra onde ninguém
a ninguém admira
e todos a determinados idolatram.
Foi substituído Portugal pelo nacionalismo
que é a maneira de acabar com os partidos
e de ficar talvez partido de Portugal!
mas não ainda talvez Portugal!
 
Portugal fica para depois
e os portugueses também
como tu.
 
Almada Negreiros
 
Títulos disponíveis na biblioteca municipal.
 


publicado por bibliotecadafeira às 12:58
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 3 de Fevereiro de 2009
Sugestão de leituras

 

Título: OH!

Autor e ilustrador: Josse Goffin

Editora: Kalandraka

 

Surpreendente álbum de imagens, OH! de Josse Goffin, é um jogo com as expectativas do leitor. As imagens que estão incluídas nesta edição apresentam duas leituras. A primeira, logo ao virar de página, é fácil e imediatamente reconhecida. Contudo, o livro permite que cada uma das páginas se possa abrir novamente, alterando, de forma significativa, a primeira impressão do leitor/espectador. Organizado de forma sequencial – cada uma das imagens é um elemento retirado da imagem anterior – o livro surpreende o leitor, interrogando-o e promovendo o riso pela combinação de elementos insólitos, criando situações risíveis. Sem palavras, o livro promove a construção de inúmeras narrativas possíveis, dando voz à imaginação dos múltiplos e surpresos leitores.

 

 

Título: AH!

Autor e ilustrador: Josse Goffin
Editora: Kalandraka
 
No seguimento da estratégia desenvolvida com sucesso em OH!, Josse Goffin continua a explorar o universo do livro de imagens, associando, neste volume, um jogo com a componente artística. Assim, às ilustrações da autora, são adicionadas imagens de obras e arte famosas que, pelo recurso à fotografia, contrastam com o resto da ilustração, promovendo o questionamento e o mistério. Na contracapa, leitores pequenos e grandes encontrarão pistas para a identificação das obras de arte. Mantém-se a sugestão da surpresa, o jogo com as expectativas do leitor e com a sua capacidade de aceitação de formas diferentes de olhar a realidade. Claramente apostado no desenvolvimento da imaginação dos leitores e na sua capacidade de integração da novidade, o livro constitui um desafio para as crianças que com ele contactarem.
 
Títulos disponíveis na biblioteca municipal.


publicado por bibliotecadafeira às 17:20
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 2 de Fevereiro de 2009
Blutch vence Festival Internacional de Banda Desenhada de Angoulême

 

O desenhador francês Blutch venceu o Grande Prémio do Festival Internacional de Banda Desenhada de Angoulême, considerado o mais importante do mundo.

O júri reconheceu o conjunto da carreira de Blutch, cujo verdadeiro nome é Christian Hincker, 41 anos, licenciado em Artes Decorativas, conhecido pelo seu estilo a preto e branco e qualificado como «expressionista».

Blutch é conhecido, entre outras obras, por «C'était le bonheur» e «La volupté», recebeu ainda nesta 36ª edição do Festival um dos Prémios Essentiels pela sua obra «Le petit Christian - Tome 2».

O Prémio para o Melhor Álbum foi para «Pinocchio», de Winsluss, considerado pelo júri como de «uma riqueza excepcional».

Vincent Paronnaud, o verdadeiro nome de Winshluss, alacançou em 2007 o Prémio Especial do Festival de Cannes como co-realizador de «Persépolis».

Os restantes galardões Essentiels foram para «Lulu femme nue», de Etienne Davodeau, «Martha Jane Cannary», de Blanchin e Perrissin, «Spirou et Fantasio, Le journal d'un ingenu», de Emile Bravo, e «Tamara Drewe» de Posy Simmonds. [diariodigital.pt]
 
Títulos disponíveis, na biblioteca municipal, de banda desenhada.
 


publicado por bibliotecadafeira às 10:37
link do post | comentar | favorito

a biblioteca na Internet
homepage
catálogo
catálogo rcbe
facebook
contactos
mais sobre mim
pesquisar
 
Fevereiro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28


posts recentes

Caros (as) leitores (as),

Autor da semana: Miguel M...

Estreias - cinema

Na mesa dos poetas

Sugestão de leituras

Músico da semana: Eric Cl...

Autor da semana: Flávio C...

Estreias - cinema

Na mesa dos poetas

Sugestão de leituras

Autor da semana: Afonso C...

Estreias - cinema

Juan Gelman: 1930 - 2014

Sugestão de leituras

Músico da semana: Bruce S...

Autor da semana: Gastão C...

Estreias - cinema

Na mesa dos poetas

Sugestão de leituras

Músico da semana: Juana M...

Autor da semana: Mário Za...

Estreias - cinema

Músico da semana: Anna Ca...

Autor da semana: José Ben...

Aviso

Músico da semana: Gisela ...

Autor da semana: Maria Ve...

Estreias - cinema

Na mesa dos poetas

Sugestão de leituras

tags

todas as tags

arquivos

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

links
Contador
subscrever feeds