"acho que Emerson escreveu algures que uma biblioteca é uma espécie de caverna mágica cheia de mortos. e esses mortos podem renascer, podem voltar à vida quando abrimos as suas páginas." [BORGES, Jorge Luis in Este ofício de poeta]
Sábado, 10 de Março de 2012
"O miúdo da bicicleta" na biblioteca municipal

No âmbito da programação do Cineclube da Feira será exibido, na biblioteca municipal, a 11 de Março, pelas 21h30,  o filme "O miúdo da bicicleta" de Jean-Pierre e Luc Dardenne.

 



publicado por bibliotecadafeira às 10:00
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 9 de Março de 2012
Autor da semana: Orhan Pamuk

 

Orhan Pamuk nasceu a 7 de Junho de 1952, em Istambul, no seio de família próspera da classe média turca. Formou-se em Arquitectura na Universidade Técnica de Istambul e em Jornalismo na Universidade de Istambul, mas nunca exerceu nenhuma destas profissões. Entre 1985 e 1988 viveu nos Estados Unidos da América onde frequentou a Universidade de Columbia, em Nova Iorque, e também a Universidade do Iowa durante um curto período de tempo. Vive actualmente em Istambul. [ler mais]

 

Novo livro de Orhan Pamuk, Prémio Nobel da Literatura em 2006
“O Romancista Ingénuo e o Sentimental”

 

“O que se passa dentro de nós quando lemos um romance? E como é que o romance cria os seus efeitos únicos comparados com outras formas de arte?
Orhan Pamuk, prémio Nobel da Literatura, inspirou-se no ensaio de Schiller Sobre a Poesia Ingénua e a Sentimental como tema para abordar múltiplas questões ligadas ao romance. Em “O Romancista Ingénuo e o Sentimental”, obra subtil e pessoal, Orhan Pamuk fascina-nos com a liberdade com que se move entre a cultura oriental e a ocidental ao falar-nos da sua própria experiência como autor e leitor dos romancistas que o apaixonaram e influenciaram, expondo as misteriosas ligações entre autor e leitor.”

 



Títulos disponíveis na biblioteca municipal.



publicado por bibliotecadafeira às 16:31
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 8 de Março de 2012
Estreias - cinema

Estreiam, hoje, os filmes: “O Dia Antes do Fim” de J.C. Chandor com Kevin Spacey, Paul Bettany e Jeremy Irons; “A Mulher de Negro” de James Watkins com Daniel Radcliffe, Ciarán Hinds e Janet McTeer; “O Dia Mais Feliz da Tua Vida” de Adriano Luz com Miguel Borges, Romeu Costa e Carla de Sá; “Em Câmara Lenta” de Fernando Lopes com Rui Morrison, João Reis e Maria João Pinho; “Florbela” de Vicente Alves do Ó com Dalila Carmo, Albano Jerónimo e Ivo Canelas; “Uma Lista a Abater” de Ben Wheatley com Neil Maskell, MyAnna Buring e Harry Simpson; “Uma Doce Mentira” de Pierre Salvadori com Audrey Tautou, Nathalie Baye e Sami Bouajila; “Viagem ao Centro da Terra 2: A Ilha Misteriosa” de Brad Peyton com Dwayne Johnson, Michael Caine e Josh Hutcherson; “O Despertar das Trevas” de William Brent Bell com Fernanda Andrade, Simon Quarterman e Evan Helmuth.

 

“O Dia Antes do Fim”

 

Sinopse:

Focado na crise financeira de 2008, aacção decorre durante as 24 horas anteriores ao colapso da Bolsa de Nova Iorque. Tudo começa quando um jovem analista de um importante banco de investimento tem acesso a informações que podem levar a empresa onde trabalha à bancarrota, impelindo para o abismo a vida de todos os envolvidos. Enquanto o mercado se apercebe da gravidade do colapso financeiro em Wall Street, oito pessoas tentam tomar as decisões que poderão salvar as suas fortunas e os seus empregos.
Primeira obra de J.C. Chandor, conta com a participação de Kevin Spacey, Paul Bettany, Jeremy Irons, Zachary Quinto, Mary McDonnell, Demi Moore e Stanley Tucci. O argumento, também de J.C. Chandor, foi nomeado para o Óscar. [cinecartaz.publico.pt]

 

“A Mulher de Negro”

Sinopse:

Arthur Kipps (Daniel Radcliffe), um jovem advogado viúvo, deixa o seu filho de três anos (Misha Handley, afilhado de Radcliffe na vida real) e viaja até Crythin Gifford, uma pequena localidade inglesa para tentar vender a propriedade de uma cliente recentemente falecida. Porém, a mansão encerra um segredo que todos os aldeãos evitam mencionar. É então que se depara com o espectro de uma mulher de negro a vaguear pela casa. Assustado, mas fascinado com aquela visão, ele segue todas as pistas para descobrir o passado familiar da sua cliente. Mas algo de terrível acaba por apoderar-se da sua vida....
Realizado por James Watkins ("O Lago Perfeito"), conta com a reconhecida argumentista Jane Goldman na adaptação do best-seller de terror de Susan Hill. [cinecartaz.publico.pt]

 

"Em Câmara Lenta” e  “O Dia Mais Feliz da Tua Vida”

Sinopse:

Preparado para se abandonar à pacificação da morte, Santiago (Rui Morrison) procura respostas sobre si mesmo. Assim, um mergulho no mar transforma-se numa retrospectiva em câmara lenta da sua vida. A paixão impetuosa por Constança (Maria João Pinho), o casamento com Laurence (Maria João Luís), a amizade profunda e serena com Salvador (João Reis)...
Realizado por Fernando Lopes ("Belarmino", "Uma Abelha na Chuva", "O Delfim"), um filme sobre o amor, a tragédia e a fantasia. Com argumento de Rui Cardoso Martins, produção de Paulo Branco e fotografia de Edmundo Díaz, o filme é uma adaptação da obra homónima do escritor e advogado Pedro Reis.
Em complemento, a curta "O Dia Mais Feliz da Tua Vida", que marca a estreia do actor Adriano Luz na realização.  [cinecartaz.publico.pt]

 

Florbela

 

Sinopse:

Nascida a 8 de Dezembro de 1894, Florbela Espanca era uma mulher incomum e fora do seu tempo. O filme segue a sua história no período de crise literária, em que deixou de conseguir expressar-se através da escrita, por altura da morte de Apeles, o seu adorado irmão oficial da Aviação Naval, cujo hidroavião se despenhou no rio Tejo.
Depois da curta-metragem "Entre o Desejo e o Destino" e da longa "Quinze Pontos na Alma", o argumentista Vicente Alves do Ó regressa à realização com um filme que pretende homenagear uma das poetisas portuguesas mais relevantes do séc. XX.
O filme, protagonizado por Dalila Carmo, Ivo Canelas e Albano Jerónimo, teve o apoio do Ministério da Cultura - ICA, RTP, Câmara Municipal de Lisboa e Câmara Municipal de Vila Viçosa, tendo ainda uma versão para TV em três episódios. [cinecartaz.publico.pt]

 

Uma Lista a Abater

 

Sinopse:

Quase um ano depois de um trabalho desastroso em Kiev, Ucrânia, que o deixou física e mentalmente debilitado, Jay (Neil Maskell), um ex-soldado britânico tornado assassino a soldo, é pressionado pelo seu parceiro a aceitar uma missão muito lucrativa. Porém, Jay começa a sentir novamente os efeitos do medo e da paranóia e o que parecia um trabalho simples, acaba por transformar-se num autêntico pesadelo...

 [cinecartaz.publico.pt]

 

“Uma Doce Mentira”

 

Sinopse:

Émilie Dandrieux (Audrey Tautou) é uma bonita e descomprometida cabeleireira que começa a receber cartas anónimas com declarações apaixonadas. Apesar de não dar grande importância aos devaneios amorosos de um desconhecido, as missivas servem para lhe dar uma ideia aparentemente brilhante: copiar as mensagens e enviá-las a Maddy (Nathalie Baye), a sua mãe cujo divórcio ainda não superou. Maddy fica fascinada por aquele amor e sente-se rejuvenescer a cada palavra lida, ansiando pela próxima. Até que, decidida a desvendar a identidade do suposto apaixonado, descobre que quem escreve as cartas é Jean (Sami Bouajila), o tímido empregado da filha que, na verdade, não está apaixonado por si. E assim, os três acabam ligados numa rede de equívocos que quase os levam à loucura.

 [cinecartaz.publico.pt]

 

“Viagem ao Centro da Terra 2: A Ilha Misteriosa”

 

Sinopse:

Alexander (Michael Caine), avô de Sean Anderson (Josh Hutcherson), dedicou mais de metade da sua existência em busca da mítica Ilha Misteriosa referida por Júlio Verne. Quando, depois de anos de ausência, o rapaz recebe uma mensagem de rádio com as coordenadas relativas ao local referido pelo escritor, convence Hank (Dwayne Johnson), o padrasto, de que se trata do avô desaparecido e ambos seguem viagem ao seu encontro. Assim, Sean e Hank, depois de recrutarem os serviços de um helicóptero na ilha de Palau, no Pacífico, partem à aventura. Contudo, perto do local assinalado, uma súbita tempestade faz o aparelho despenhar-se no mar e os dois acabam num lugar paradisíaco. Ali, para além de Alexander, encontram também todos os tipos de criaturas extraordinárias e lugares inimagináveis. Ainda extasiados com o que os seus olhos vêem, vão perceber que as suas vidas correm perigo pois uma erupção vulcânica ameaça a total destruição da ilha. Agora, para sobreviver, eles têm de encontrar uma maneira de fugir daquele lugar. E não lhes resta muito tempo... [cinecartaz.publico.pt]

 

“O Despertar das Trevas”

 

Sinopse:

Isabella Rossi (Fernanda Andrade) foi criada pelo pai depois de a sua mãe (Suzan Crowley) ter sido presa pelo homicídio de três pessoas. Pouco antes de morrer, o pai revela-lhe que o episódio se deveu a uma possessão demoníaca e que aquelas mortes tinham decorrido durante um exorcismo. Arrasada com a informação, Isabella decide fazer uma visita ao hospital psiquiátrico de Roma onde a progenitora está internada há 20 anos. Aí, vai conhecer os padres Ben e David que, para a ajudarem a compreender melhor a natureza do problema, a iniciam no estudo do exorcismo. Porém, o terror instala-se quando descobrem que a senhora está possuída por quatro demónios distintos e que as suas próprias almas estão prestes a ser tomadas por um terrível poder maligno.  [cinecartaz.publico.pt]



publicado por bibliotecadafeira às 12:12
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 7 de Março de 2012
Na mesa dos poetas

Francisco de Sá de Miranda

(Coimbra, a 28 de agosto de 1481 — Amares, 15 de março de 1558)

 

A este cantar de moças

 

Menina fermosa,
que nos meus olhos andais,
dizei porque mos quebrais.

Em vos vendo, vo-los dei:
logo vos passastes i;
nunca mais olhos abri,
nunca mais olhos çarrei.
Vós lhe sois regra, vós lei:
não fazem menos nem mais
daquilo que lhes mandais.

Em pago desta verdade,
que estranhais porque não se usa,
quebrais-mos… A alma confusa
não sabe quebrar vontade.
Menina, contra a idade,
contra todos os sinais,
cruel sois cada vez mais.

Tomais vingança da fé
que sempre convosco tive,
ou de quê? da alma que vive
por vós, onde quer que esté?
Dizei, menina, porqu'é?
Tam vossos olhos quebrais?
Não vo-los referto mais!

 

Francisco de Sá de Miranda  

in Cancioneiro Geral

 

Títulos disponíveis na biblioteca municipal.



publicado por bibliotecadafeira às 13:48
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 6 de Março de 2012
Sugestão de leituras

 

Título: Porque é que os animais não conduzem?

Autor e ilustrador: Pedro Seromenho

Editora: Paleta de Letras

Sinopse:

Stop! Queres saber porque é que o dinossauro, a toupeira, o papagaio e muitas outras criaturas não podem conduzir?! Então entra neste livro e deixa-te guiar por um mundo divertido de animais que parecem pessoas reais. Sem regras e sinais as estradas são uma selva e os perigos muitos mais. Boa viagem... em segurança!

 

Títulos disponíveis na biblioteca municipal.



publicado por bibliotecadafeira às 09:53
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 5 de Março de 2012
Músico da semana: A Naifa

A Naifa é um projecto musical português nascido em 2004, que conjuga as linguagens clássicas do fado com a pop-Rock.

O grupo foi fundado por Luís Varatojo, Maria Antónia Mendes, João Aguardela e Vasco Vaz. As canções do grupo são criadas a partir de poemas de autores portugueses como Adília Lopes, José Mário Silva e José Luís Peixoto.

Em 2004 é lançado o álbum de estreia, Canções Subterrâneas. 3 Minutos Antes de a Maré Encher, lançado em (2006), foi o segundo disco do grupo.O disco Uma Inocente Inclinação Para o Mal é editado em 2008. As letras são da autoria de João Aguardela. [ler mais]

 

Novo álbum d'A Naifa

O novo álbum d'A Naifa, «Não Se Deitam Comigo Corações Obedientes», é um disco de luta e não de luto, depois da morte do músico João Aguardela, disse à agência Lusa a vocalista, Mitó Mendes.
«Não Se Deitam Comigo Corações Obedientes», que sai em edição própria, é o primeiro álbum d'A Naifa depois da morte de João Aguardela, um dos pilares da banda, em 2009.
No entanto, para o grupo este não é um disco de luto.
«É um disco que aponta novos caminhos para aquilo que nós somos agora e podemos ser. O João [Aguardela] vai estar sempre presente, porque nos deixou marcas. Ele está presente porque ele gostava mais de olhar para a frente do que para trás», explicou à Lusa o guitarrista Luís Varatojo.
Para Mitó Mendes, o luto pelo desaparecimento do músico foi feito com a edição do livro biográfico «Esta Depressão Que Me Anima» e com uma série de concertos em 2010.

As novas canções, feitas com a ajuda de Sandra Baptista no baixo e com Samuel Palitos na bateria, começaram a ser esboçadas logo depois do lançamento daquele livro.
«Nós acabámos por descobrir alguns caminhos e alguns métodos novos, porque o facto de não estarmos a trabalhar com o João a isso conduziu», recordou Luís Varatojo.
Ainda assim, o método de trabalho para este quarto disco foi semelhante aos três anteriores: o ponto de partida volta a ser a poesia, no feminino.
«N'A Naifa vem sempre primeiro a poesia. É o poema que guia a ação», explicou o guitarrista, elencando algumas das escritoras escolhidas: Margarida Vale de Gato e Adília Lopes.
No álbum, quase tudo o que Mitó Mendes canta são «histórias de amor mas com uma atitude muito específica. Quase tudo o que é dito faz muito sentido com aquilo que nós estamos a passar e que sentimos», defendeu Luís Varatojo.
Para ele «é quase imediato» transpor as canções para o dia a dia e para «as coisas que estamos a passar neste país. Não se limitam tão só a serem histórias de amor».
«Não Se Deitam Comigo Corações Obedientes», título-colagem de duas frases do escritor António Lobo Antunes, marca uma posição d'A Naifa na música: «Eu sou assim e não aceito que me imponham determinadas coisas», descreveu o guitarrista.
A Naifa tomou este disco como um recomeço, uma segunda vida, e é por isso que o material inédito deixado por João Aguardela ficou de fora do novo álbum.
«Foi mais saudável fazer o que sentimos agora. Do que ir buscar coisas para trás e fazer uma manta de retalhos e não ter coerência», justificou Luís Varatojo.
O grupo tem, para já, cerca de uma dezena de concertos marcados entre março e maio, o primeiro em Arcos de Valdevez a 2 de março, e o último no Faial, Açores, a 5 de maio. [tvi.iol.pt]

 

 

 

Títulos disponíveis na biblioteca municipal.

 

NOTA: Brevemente, estará disponível, na biblioteca municipal, o CD de A Naifa “Não Se Deitam Comigo Corações Obedientes”.



publicado por bibliotecadafeira às 18:11
link do post | comentar | favorito

Sábado, 3 de Março de 2012
"Apollonide" na biblioteca municipal
No âmbito da programação do Cineclube da Feira, será exibido, na biblioteca municipal, a 04 de Março, pelas 21.30h, o filme "Apollonide - memórias de um bordel" de Bertrand Bonello.
 


publicado por bibliotecadafeira às 16:21
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 2 de Março de 2012
Autor da semana: Mário Cláudio

Mário Cláudio é o pseudónimo literário de Rui Manuel Pinto Barbot Costa, nascido a 6 de Novembro de 1941, no seio de uma família da média-alta burguesia industrial portuense de raízes irlandesas, castelhanas e francesas, e fortemente ligada à História da cidade nos últimos três séculos. [ler mais]

 

Tiago Veiga - Uma Biografia vence Prémio para Melhor Livro de Ficção Narrativa da SPA

 

 

O livro Tiago Veiga - Uma Biografia, de Mário Cláudio, foi eleito o vencedor do Prémio para Melhor Livro de Ficção Narrativa na 3.ª Edição dos Prémios Autores 2012, uma iniciativa da Sociedade Portuguesa de Autores e da RTP, cuja gala decorreu, na noite de segunda-feira, no Grande Auditório do Centro Cultural de Belém. Mário Cláudio sucede assim a António Lobo Antunes (Que Cavalos São Aqueles Que Fazem Sombra no Mar) e Gonçalo M. Tavares (Uma Viagem à Índia), que conquistaram o mesmo prémio, respectivamente, em 2010 e 2011.

Tiago Veiga - Uma Biografia, publicado em Junho de 2011 pela Dom Quixote, demorou 5 anos a ser escrito e, ao longo das 800 páginas que o compõem, Mário Cláudio lança um olhar aprofundado e minucioso sobre a vida e obra de Tiago Veiga, bisneto de Camilo Castelo Branco. A obra aborda figuras com que Veiga se cruzou, entre as quais se destacam poetas como Jean Cocteau e Fernando Pessoa, Edith Sitwell e Marianne Moore, Ruy Cinatti e Luís Miguel Nava, políticos como Bernardino Machado e Manuel Teixeira Gomes, pensadores como Benedetto Croce, e até simples ornamentos do mundanismo internacional como a milionária Barbara Hutton.

Tiago Veiga, que Mário Cláudio conheceu pessoalmente, nasceu num aldeia do Alto Minho em 1900, e nesse mesmo lugar viria a morrer em 1988, sem que tivesse publicado os seus poemas. [dquixote.pt]Mário Cláudio é o pseudónimo literário de Rui Manuel Pinto Barbot Costa, nascido a 6 de Novembro de 1941, no seio de uma família da média-alta burguesia industrial portuense de raízes irlandesas, castelhanas e francesas, e fortemente ligada à História da cidade nos últimos três séculos. [ler mais]

 

 

Títulos disponíveis na biblioteca municipal.

 

NOTA: Brevemente, estará disponível, na biblioteca municipal, o livro de Mário Cláudio " Tiago Veiga - Uma Biografia ".



publicado por bibliotecadafeira às 16:14
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 1 de Março de 2012
"A Casa Sincronizada" vence prémio SPA/RTP

"A Casa Sincronizada" de Inês Pupo e Gonçalo Pratas vence prémio SPA/RTP na categoria de Melhor Livro Infanto Juvenil

O livro "A Casa Sincronizada", de Inês Pupo e Gonçalo Pratas e ilustrações de Pedro Brito, venceu o Prémio SPA/RTP 2012 na categoria de Melhor Livro Infanto Juvenil. O prémio foi entregue no grande auditório do CCB.

"A Casa Sincronizada", o mais recente trabalho da escritora e do músico, que surge em forma de livro/CD dirigido a crianças, pais, avós, professores e educadores, nasceu em 2009, em formato de programa televisivo para a infância; na sequência desse projecto a história transformou-se em livro com ilustrações de Pedro Brito.

O livro, editado pela Editorial Caminho/Grupo Leya - foi lançado em Novembro num espectáculo que decorreu no grande auditório do CCB.[dn.pt]

 

Títulos disponíveis na biblioteca municipal.



publicado por bibliotecadafeira às 17:47
link do post | comentar | favorito

Estreias - cinema

Estreiam, hoje, os filmes “Extremamente Alto, Incrivelmente Perto” de Stephen Daldry com Tom Hanks, Thomas Horn e Sandra Bullock; “Ghost Rider: Espírito de Vingança” de Mark Neveldine, Brian Taylor com Nicolas Cage, Violante Plácido e Ciarán Hinds; “Contrabando” de Baltasar Kormákur com Robert Wahlberg, Caleb Landry Jones e Jason Mitchell; “Vergonha” de Steve McQueen com Michael Fassbender, Lucy Walters e Mari-Ange Ramirez.

 

“Extremamente Alto, Incrivelmente Perto”

 

Sinopse:

Oskar (Thomas Horn), de 11 anos, demonstrou desde cedo ser um menino-prodígio. Pacifista e entusiasta, o seu passatempo predilecto era a "expedição de reconhecimento", um jogo que criara com o pai (Tom Hanks), com quem sempre tivera uma ligação de absoluta cumplicidade. Porém, a trágica morte deste, durante os atentados terroristas do 11 de Setembro, vem alterar a própria natureza do pequeno Oskar que, incapaz de lidar com a perda, se fecha sobre si mesmo e se torna uma criança infeliz e solitária.
Agora, um ano após o incidente, descobre num dos armários de casa uma chave do falecido pai. Convencido de que o objecto está de algum modo ligado a mais uma expedição, ele vai seguir diferentes pistas numa longa viagem pela cidade de Nova Iorque, em busca de uma última mensagem que lhe terá sido deixada. Nesse percurso vai ter a ajuda de um velho mudo (Max von Sydow) e conhecer algumas pessoas que, se por um lado lhe são estranhas, por outro o vão fazer compreender mais sobre si próprio e ajudá-lo a cumprir o luto que lhe faltava.
Realizado por Stephen Daldry ("Billy Elliot", "As Horas", "O Leitor") e com argumento de Eric Roth, é baseado na obra homónima de Jonathan Safran Foer. Nomeado para dois Óscares: melhores filme e actor secundário (Max von Sydow).[cinecartaz.publico.pt]

 

“Ghost Rider: Espírito de Vingança”

 

Sinopse:

No passado, Johnny Blaze (Nicolas Cage), aficionado por motas e capaz das mais audazes acrobacias, vendeu a alma ao diabo para salvar aqueles que amava. Quando, inevitavelmente, Satanás vem cobrar a sua dívida, Johnny, condenado a andar sem destino pela noite, transforma-se em Ghost Rider. Agora, escondido numa zona remota da Europa Oriental, é contactado por uma seita religiosa para resgatar a alma possuída de uma criança prestes a tornar-se no Anticristo. Apesar das reticências em voltar a encarnar o sombrio motoqueiro, Johnny percebe que o seu regresso se transformou na derradeira esperança daquela criança inocente e também de toda a Humanidade.
Realizado por Mark Neveldine e Brian Taylor, é baseado na famosa personagem da Marvel, criada em 1972 pelo desenhista Mike Ploog e pelos autores de BD Roy Thomas e Gary Friedrich. [cinecartaz.publico.pt]

 

 

“Contrabando”

 

Sinopse:

Chris Farraday (Mark Wahlberg) é um homem que toda a sua vida sobreviveu à custa de esquemas e negócios escuros. Considerado nos meandros do crime como um dos melhores, abandona tudo para se dedicar de corpo e alma à sua mulher (Kate Beckinsale) e ao filho pequeno. Até descobrir que Andy, o cunhado, se meteu em sérios problemas com o bando de Tim Briggs (Giovanni Ribisi), ex-patrão de Chris e um dos mais implacáveis mafiosos da zona. De maneira a emendar o erro de Andy e salvar a sua vida, Chris vê-se coagido a aceitar um novo trabalho de contrabando no Panamá. Assim, com a ajuda de Sebastian (Ben Foster), um dos seus mais fiéis amigos, junta alguns contactos do passado e forma uma equipa de especialistas. Porém, as coisas não correm como previsto e, numa corrida contra o tempo, eles vão ter de dar a volta à situação enquanto tentam escapar à polícia corrupta e aos mais perigosos criminosos. [cinecartaz.publico.pt]

 

“Vergonha”

 

Sinopse:

Aos trinta e poucos anos, Brandon (Michael Fassbender) é um bem-sucedido irlandês com um cargo de topo numa grande empresa de Nova Iorque. A viver sozinho num pequeno apartamento, tem a vida controlada ao milímetro. Porém, por trás de uma máscara de autocontenção, está um homem a viver no limite. Numa luta constante entre um medo incontrolável de intimidade e uma ânsia de sexo, ele vive de encontros ocasionais com estranhos. Até Sissy (Carey Mulligan), a sua irmã mais nova, aparecer sem pré-aviso e instalar-se no seu apartamento. Brandon perde então todo o controlo sobre a sua vida e a sua sexualidade.
Quatro anos depois do êxito do filme "Fome" (também com Fassbender como protagonista), Steve McQueen regressa ao tema da liberdade, desta vez focando o vício enquanto prisão da própria mente. Nomeado para Leão de Ouro na edição de 2011 do Festival de Veneza, arrebatou o prémio FIPRESCI - Prémio da Crítica Internacional. [cinecartaz.publico.pt]



publicado por bibliotecadafeira às 17:37
link do post | comentar | favorito

a biblioteca na Internet
homepage
catálogo
catálogo rcbe
facebook
contactos
mais sobre mim
pesquisar
 
Fevereiro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28


posts recentes

Caros (as) leitores (as),

Autor da semana: Miguel M...

Estreias - cinema

Na mesa dos poetas

Sugestão de leituras

Músico da semana: Eric Cl...

Autor da semana: Flávio C...

Estreias - cinema

Na mesa dos poetas

Sugestão de leituras

Autor da semana: Afonso C...

Estreias - cinema

Juan Gelman: 1930 - 2014

Sugestão de leituras

Músico da semana: Bruce S...

Autor da semana: Gastão C...

Estreias - cinema

Na mesa dos poetas

Sugestão de leituras

Músico da semana: Juana M...

Autor da semana: Mário Za...

Estreias - cinema

Músico da semana: Anna Ca...

Autor da semana: José Ben...

Aviso

Músico da semana: Gisela ...

Autor da semana: Maria Ve...

Estreias - cinema

Na mesa dos poetas

Sugestão de leituras

tags

todas as tags

arquivos

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

links
subscrever feeds