"acho que Emerson escreveu algures que uma biblioteca é uma espécie de caverna mágica cheia de mortos. e esses mortos podem renascer, podem voltar à vida quando abrimos as suas páginas." [BORGES, Jorge Luis in Este ofício de poeta]
Sexta-feira, 22 de Novembro de 2013
Autor da semana: Doris Lessing

 

Doris Lessing, nascida Doris May Tayler (Kermanshah, 22 de outubro de 1919  — Londres, 17 de novembro de 2013), foi uma escritora britânica.

Autora de obra prolífica, que inclui trabalhos como as novelas The Grass is Singing e The Golden Notebook. A sua obra cobre um vasto leque estilístico, indo da autobiografia à ficção científica, com claras influências do modernismo. Foi galardoada com o Nobel de Literatura de 2007, tendo a Academia Sueca apontado como razão determinante a existência na sua obra de características que fazem dela "a contadora épica da experiência feminina, que com cepticismo, ardor e uma força visionária escrutinou uma civilização dividida". Doris Lessing é a 11.ª mulher a ganhar este galardão nos seus 89 anos de história e a pessoa mais idosa que jamais o recebeu. [ler mais]

 

 

Doris Lessing "foi uma das grandes vozes literárias do século XX"

 

A escritora britânica Doris Lessing, prémio Nobel da Literatura em 2007, que hoje faleceu, aos 94 anos de idade, "foi uma das grandes vozes literárias do século XX", na opinião das escritoras Maria Teresa Horta e Lídia Jorge.

O agente da autora, Jonathan Clowes, citado pelas agências internacionais, anunciou a morte da escritora, em casa, durante a manhã de hoje.

Nascida a 22 de outubro de 1919 em Kermanshah, na Pérsia, atualmente Irão, Doris Lessing é autora de uma obra vasta e diversificada com cerca de 50 títulos e ficou conhecida pela militância de esquerda e pelas suas posições anti-apartheid, anticolonialistas e feministas.

Contactada pela agência Lusa, a escritora portuguesa Maria Teresa Horta lamentou o desaparecimento de Doris Lessing: "Quando um escritor morre é sempre uma grande perda, mas sobretudo ela, que era uma das grandes vozes literárias do século XX e até do século XXI".

"Ela é uma referência para mim, não só pela escrita, mas também por razões pessoais", indicou, recordando episódios ocorridos nos anos 1970, no regime salazarista, quando foi insultada e agredida na rua por ter participado no movimento feminista em Portugal.

"Doris Lessing deu-me forças para continuar", disse Maria Teresa Horta, que viria depois a publicar, com Maria Isabel Barreno e Maria Velho da Costa, o livro "Novas Cartas Portuguesas", que, na época, gerou forte impacto e contestação no país.

Em 2007, Doris Lessing, então com 87 anos, foi reconhecida com o Nobel da Literatura, tendo sido a mulher mais velha de sempre a receber tal galardão.

Na altura, a escritora foi descrita pela academia Nobel como "um exemplar de experiência feminina que, com ceticismo, fogo e poder visionário, sujeitou uma civilização dividida ao escrutínio".

A escritora tem várias obras publicadas em Portugal, entre as quais "Amar de novo" (1997) e os dois volumes de "Os diários de Jane Somers" (1990).

A obra "Gatos e mais Gatos" (1995) e o "Caderno Dourado" (1962) também foram publicados em Portugal.

Maria Teresa Horta destacou que Lessing "escreveu até ao fim" e que a obra e o imaginário de Lessing "vão permanecer e continuar a ser lidos por muitas pessoas".

A mesma opinião é partilhada pela escritora Lídia Jorge, que considera Doris Lessing "uma memória do século XX, conseguindo fazer um apanhado da relação entre a Europa e o resto do mundo".

Em declarações à Lusa, recordou que, com surpresa e curiosidade, encontrou referências ao papel dos portugueses nesta biografia europeia.

Apontou o "Caderno Dourado" como a obra de Lessing que a tocou particularmente, "por quebrar tabus e lutar pela afirmação das mulheres de forma muito independente".

"Tudo o que li dela era marcado pela vida. Ela escreveu de forma pungente", salientou Lídia Jorge.

Filha de pais britânicos, um antigo oficial do exército britânico e uma enfermeira, Doris Lessing cresceu na Rodésia (atual Zimbabué), onde a família se instalou numa quinta quando tinha cinco anos, tendo este período marcado algumas das suas obras.

Foi impiedosa nas críticas aos governos da África do Sul e do Zimbabué, tendo sido proibida de entrar nos dois países. A interdição na África do Sul durou entre 1956 e 1995. [rtp.pt]

 

Títulos, deste autor, disponíveis na biblioteca municipal.



publicado por bibliotecadafeira às 17:54
link do post | comentar | favorito

a biblioteca na Internet
homepage
catálogo
catálogo rcbe
facebook
contactos
mais sobre mim
pesquisar
 
Fevereiro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28


posts recentes

Caros (as) leitores (as),

Autor da semana: Miguel M...

Estreias - cinema

Na mesa dos poetas

Sugestão de leituras

Músico da semana: Eric Cl...

Autor da semana: Flávio C...

Estreias - cinema

Na mesa dos poetas

Sugestão de leituras

Autor da semana: Afonso C...

Estreias - cinema

Juan Gelman: 1930 - 2014

Sugestão de leituras

Músico da semana: Bruce S...

Autor da semana: Gastão C...

Estreias - cinema

Na mesa dos poetas

Sugestão de leituras

Músico da semana: Juana M...

Autor da semana: Mário Za...

Estreias - cinema

Músico da semana: Anna Ca...

Autor da semana: José Ben...

Aviso

Músico da semana: Gisela ...

Autor da semana: Maria Ve...

Estreias - cinema

Na mesa dos poetas

Sugestão de leituras

tags

todas as tags

arquivos

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

links
subscrever feeds